Seja coado no filtro de papel ou no coador de pano (conhecido como “coador da vovó”), o método ainda é o mais popular nas mesas brasileiras.

Dentre os apaixonados por café não há quem não ame o bom e velho cafezinho coado. O café está inserido em quase todos os momentos de nossos dias. Seja numa pausa para descanso ou em momentos de reunião e compartilhamento, ele é o “combustível” impulsionador. Por este motivo, listamos 5 dicas para fazer um coado de qualidade.

LEIA TAMBÉM: CONHEÇA 5 BENEFÍCIOS REAIS DO CAFÉ

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), cerca de 79% da população brasileira consome café. Além disso, o café coado é o método mais utilizado nacionalmente. Mas, ainda que seja um hábito costumeiro, alguns erros no preparo podem contribuir negativamente na qualidade final da bebida. Não é como receita de bolo, o preparo vai de acordo com a preferência de quem for degustar e compartilhar o momento. Listamos aqui algumas dicas valiosas que podem auxiliar positivamente no resultado do seu café coado.

Veja o passo a passo:

1 – Na hora de escolher o café, você pode optar pelo café já moído ou o café em grãos, que deve ser moído na hora, para um café ainda mais fresco e saboroso. Verifique sempre que os melhores cafés, como o café gourmet, por exemplo, possuem características específicas, que se sobressaem em aroma e qualidade. Para ser considerado gourmet, o café deve possuir grãos 100% arábica, com pouca ou nenhuma imperfeição e acima de 80 pontos. Avalie na embalagem qual é o tipo de grão, o ponto de torra, corpo, doçura e mais detalhes como a região de origem e as certificações do produto.

2 – A água deve ser filtrada ou mineral, pois água da torneira contém cloro, o que pode fragilizar algumas substâncias do café, fazendo com que haja perda da qualidade em sua característica final. A água não precisa ser fervida, a temperatura ideal é de 90º, antes da borbulha.

3- Recomendamos a medida de 10g de pó para cada 100ml de água, mas isso pode variar de acordo com a intensidade e qualidade da bebida que deseja. Alguns cafés especiais, por exemplo, resultam numa bebida mais suave e sem a necessidade da adição de açúcar. Outra dica importante para uma melhor extração, é adicionar a água aos poucos do centro do coador para as laterais, em movimentos circulares.

4 – Aqueça o filtro/coador: passe a água quente no recipiente antes de inserir o pó, isso retira as impurezas do papel e ainda evita que o café sofra um choque térmico e amargue.

5- A pré-infusão, é outro passo importante a ser feito. Trata-se das pequenas quantidades de água que são inseridas pausadamente no pó de café. Quanto mais pré-infusões forem feitas, mais saboroso o café fica, pois enquanto a água umedece o café, extrai seus óleos essenciais.

E está pronto para degustar! Além de saboroso, o café coado agrada o paladar de apreciadores de um café menos intenso e pode ser combinado com bolos, pães, doces e salgados, sem contar o perfume que espalha por todo o ambiente!

Para adquirir o seu café gourmet moído Santa Monica, clique aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *