O dia mais esperado pelos pequenos se aproxima e nós levantamos uma questão: afinal, crianças podem ou não tomar café?

Não é segredo para ninguém a quantidade de café que os brasileiros ingerem. Somos o maior país produtor de café do mundo! É quase como uma religião para algumas pessoas, não importa onde ou o que estejam fazendo: a hora do café é sagrada.

Na maior parte de nosso país, o consumo começa desde cedo, em casa ou na escola, atingindo até a mais avançada idade.

O café é uma mistura de substâncias e a mais famosa delas é a cafeína, por sua função estimulante, funcionando como combustível no sistema nervoso central que inibe o sono, despertando o corpo para as atividades. Ela está presente não apenas no café, mas em doces, chocolates e chás também.

Além dela, o café, incluindo o Café Gourmet, contém ácidos clorigenicos responsáveis pela função antioxidante, junto com vitaminas C, B, B1, B2, B3 e B4. e minerais, tais como magnésio e potássio, extremamente importantes para uma formação saudável e completa.

No caso das crianças, o consumo de café é sim permitido, porém com algumas restrições para que a experiência seja satisfatória e acompanhe o desenvolvimento de sua mente e corpo.

Especialistas afirmam que com dois anos a criança já pode ter um primeiro contato com a bebida, não é indicado que seja incluído todos os dias, pois pode funcionar como hiperestimulante do sistema nervoso central. A ideia é que a bebida seja incluída dentro de uma alimentação saudável e sem riscos na absorção de outros minerais. Com o passar dos anos, o consumo e frequência podem ser aumentados gradativamente, mas sempre respeitando os limites de idade e paladar.

Por isso, a ingestão de café pelas crianças é recomendada acompanhada de leite quantidades a mais de leite e priorizando o horário da manhã, para evitar picos de energia. Assim a criança começa a se habituar com o sabor do café, ingere os benefícios contidos nele, sem deixar de lado as propriedades do leite, como o zinco e o cálcio.

Assim como explica a nutricionista Gabriela Parise “O café é um alimento que vai muito além da cafeína e pode trazer diversos benefícios a saúde, quando em quantidades e frequência adequadas.”.

Por isso, na hora de introduzir seu filho no maravilhoso mundo do café, certifique-se de que o café que ele está degustando é de qualidade e que adota cuidados com a saúde de seus consumidores, dos mais novos aos mais idosos. Assim, quando ele crescer, terá o paladar habituado ao melhor do café que proporciona açúcar natural do fruto, permitindo redução do uso do açúcar em sua alimentação, que colabora para uma vida cheia de benefícios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *